Utilização, Operação

  • As válvulas VAP foram especialmente desenvolvidas para utilização em processos que necessitem de controle automático do fluxo de ar, de baixa pressão, aquecido ou à temperatura ambiente, para pressões de trabalho até 2.000 mm C.A.
  • Estas válvulas não podem ser utilizadas para gás, por menor que seja a pressão, pois não são construídas com estanqueidade em seus elementos móveis.
  • Para operação automática é utilizado um servo-motor capaz de operar todo o curso da válvula, proporcionando um bom controle em qualquer faixa pré-determinada.
 
POS
DENOMINAÇÃO 
1
DISPOSITIVO ACOPLAMENTO PARA SERVO-MOTOR 
2
HASTE DE CONTROLE 
3
ARRUELA 
4
EIXO 
5
BUCHA DO EIXO 
6
PARAFUSO DE TRAVA DA PORCA DE AJUSTE 
7
PISTÃO MÓVEL 
8
CORPO 
9
PORCA DE AJUSTE DO PISTÃO REGULÁVEL
10
PISTÃO FIXO 
11
FLANGE
 

TABELA A - Capacidade em m³/h de ar a 15,5° C baseada numa perda de carga através da válvula de 1/6 da pressão do ventilador e numa perda de carga adicional para a tubulação de 1/6 da pressão do ventilador.

Dimensão da Válvula
Pressão do Ventilador em mm C.A.
265
350
440
530
700
800
1050
1400
2" 
85
95
106
116
134
150
164
189
2 1/2" 
134
155
172
189
219
245
268
311
3" 
210
240
271
297
342
385
421
484
4" 
367
424
481
523
605
679
741
854

TABELA B - Fator de correção de temperatura.

Temp. ° C 
150
200
250
300
350
400
450
500
Fator 
1,46
1,64
1,81
1,99
2,16
2,33
2,5
2,68